Para que serve o rolo-faca: conheça esse equipamento usado no plantio direto

02/09/2020

Da Assessoria de Imprensa da Epagri

Rolo-faca é usado para acamar as plantas de cobertura ou os restos da cultura anterior – Foto: Divulgação Epagri

Para conduzir suas lavouras no sistema de plantio direto, a família de Gelson Giombelli, residente na Linha Gaúcha, em Descanso, adquiriu recentemente o primeiro rolo-faca fabricado no município. A família, que recebe acompanhamento da Epagri, conduz mais de 80 hectares de lavouras e tem na produção de grãos uma das principais fontes de renda. “Eles necessitavam dessa ferramenta para complementar o conjunto de equipamentos que a propriedade possui e que são utilizados no manejo, na semeadura e na condução das lavouras no sistema de plantio direto”, conta o engenheiro-agrônomo Zolmir Frizzo, extensionista da Epagri em Descanso.

 

O que é um rolo-faca

Nas décadas de 1980 e 1990, muitos agricultores usavam o rolo-faca para manejar as culturas de inverno e de verão, mas o uso desse equipamento foi se perdendo com o aumento da aplicação de herbicidas nas lavouras. “Hoje ele é fundamental para as propriedades que estão dispostas a realizar melhorias em seus sistemas de produção nos conceitos dessa agricultura que preconizamos”, explica Zolmir.

Manutenção da palhada melhora as características físicas, químicas e biológicas do solo – Foto: Divulgação Epagri

O rolo-faca faz um amassamento uniforme das plantas de cobertura ou dos restos da cultura anterior, mantendo toda a palhada sobre o solo. Zolmir explica que a manutenção da palhada melhora as características físicas, químicas e biológicas do solo e é um dos pilares do plantio direto. “Esse sistema também prevê o mínimo ou o não revolvimento do solo, a rotação de culturas, a sucessão e/ou o consórcio de outras culturas de espécies diferentes”, acrescenta.

 

Quando utilizar

O acamamento com rolo-faca deve ser realizado quando as plantas de cobertura estão no estágio máximo de acumulação de reservas, isto é, quando as sementes estão na fase de grão leitoso. “Nesse momento, a planta concluiu o ciclo de crescimento radicular e da parte aérea, armazenando nutrientes em suas estruturas. Acamadas, em breve devolverão ao solo essas reservas. Esse é o princípio do sistema de plantio direto – sempre existindo planta e raiz no sistema, atendendo um dos grandes dizeres do conservacionismo: ‘colher-plantar, plantar-colher’”, diz o agrônomo da Epagri.

Thiago Ansolin Giombelli mostra o equipamento usado pela família no plantio direto de grãos – Foto: Divulgação Epagri

O rolo-faca utilizado pela família Giombelli foi fabricado pela Tornearia e Mecânica Masiero em ferro carbono, com área de trabalho de 4,4 metros e pistões para recolher os rolos laterais do chão, facilitando as manobras e o transporte do equipamento. “Ele será muito importante para atender os princípios da agricultura conservacionista que a propriedade já vem realizando”, reforça Zolmir.

 

Para saber mais sobre o plantio direto, confira o vídeo do SC Agricultura: