Proteção de nascentes beneficia 500 famílias no PR

17/06/2020

Da Assessoria de Imprensa da Emater PR

Técnica isola nascente e permite tratamento direto da água de forma simplificada e de baixo custo - Foto: Divulgação Emater PR

 

 

Os profissionais do IDR-Paraná (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná-Iapar-Emater) desenvolvem diversas atividades junto aos agricultores familiares. Os extensionistas orientam a implantação de culturas, levam tecnologias inovadoras para o meio rural e apresentam novas práticas que contribuem para aumentar a produtividade e a rentabilidade das famílias rurais. Em suas ações cotidianas, os extensionistas procuram harmonizar o desenvolvimento agropecuário e o meio ambiente, preservando e recuperando áreas degradadas pela exploração excessiva.

Uma das ações ambientais mais frequentes dos extensionistas é a proteção de minas e fontes naturais. Esse trabalho tem um grande impacto na vida das famílias beneficiadas e é realizado com o aporte de verbas públicas, como recursos do Programa Estadual de Microbacias, além de contar com o apoio das Secretarias Municipais de Agricultura e Meio Ambiente. As fontes são protegidas usando-se a técnica denominada “solo cimento”. A prática isola a nascente e cria uma situação ímpar que permite que se faça o tratamento direto da água, com baixo custo e sem dificuldade. Assim, é possível manter a qualidade da água para consumo humano e animal nas propriedades rurais.

No município de Peabiru os extensionistas protegeram 16 nascentes. A ação dos profissionais do IDR-Paraná se estende por toda a região de Campo Mourão. De acordo com levantamentos dos extensionistas, desde 2007 e até maio deste ano, foram protegidas 180 minas na região. Calcula-se que pelo menos 500 famílias foram beneficiadas diretamente com as fontes protegidas e contam com água potável em suas residências. Depois de concluída a proteção da fonte, a Secretaria Municipal de Saúde faz a coleta e análise da água que será usada para o consumo das famílias. Neste ano, com a estiagem verificada na região, a proteção das minas ainda garantiu água para muitas residências.