Manual de Manejo e Conservação é lançado na Reunião Paranaense de Ciências do Solo

Diário dos Campos 31/05/2019

Encontro é uma das maiores atividades científicas no campo das Ciências Agrárias

A VI edição da Reunião Paranaense de Ciências do Solo começou na terça-feira (28) em Ponta Grossa. Organizado pelo Núcleo Estadual Paraná da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo (NEPAR-SBCS) e pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), o evento conta com mais de 450 inscritos e é uma das maiores atividades científicas no campo das Ciências Agrárias.

A abertura do evento foi realizada no Hotel Vila Velha e contou com a presença de diversas autoridades, entre elas o reitor da UEPG, o professor Miguel Sanches Neto, e o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento da Prefeitura de Ponta Grossa, Ivonei Afonso Vieira, representando o prefeito da cidade, Marcelo Rangel.

Professores do Setor de Ciências Agrárias e de Tecnologia e representantes do Núcleo Estadual Paraná da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo também estiveram presentes. O grupo participou do lançamento do Manual de Manejo e Conservação do Solo e da Água para o Estado do Paraná.

A obra quer contribuir com as instituições e profissionais voltados à conservação do solo e da água no Paraná, e apresenta estratégias operacionais e técnicas para manejo e conservação do solo e da água de maneira adequada, garantindo a sustentabilidade da agricultura.

A elaboração envolveu 72 profissionais, entre professores, pesquisadores e extensionistas de 16 instituições paranaenses, como universidades estaduais, universidades federais, institutos de pesquisa, secretarias de estado, serviço de extensão rural.

Já a coordenação geral do evento coube ao professor doutor Adriel Ferreira da Fonseca, professor do Departamento de Ciência do Solo e Engenharia Agrícola do Setor de Ciências Agrárias e de Tecnologia. Adriel destacou a importância da reunião para o setor. "Esse é, com toda certeza, o evento mais importante do setor de Ciências Agrárias realizado na cidade nos últimos dez anos", afirma.

Agricultura conservacionista para crianças

Durante o evento, a organização do VI RPSC doou 15 exemplares do livro O mistério do ribeirão vermelho para o Instituto Pegaí Leitura Grátis. A entrega dos exemplares foi feita por Lutécia Canalli, pesquisadora do IAPAR e diretora da Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação. O livro faz parte de um projeto que tem como ideal contribuir para o conhecimento e preservação da história da agricultura conservacionista no Brasil. Os exemplares ficarão à disposição de todas as crianças.

O download do livro está disponível em https://febrapdp.org.br/literatura-infantil.

Lutécia Canalli entrega os exemplares do Mistério do ribeirão vermelho para o presidente do projeto Pegaí