Entidade de Utilidade Pública Federal desde 1998
FEBRAPDP SISTEMA PLANTIO DIRETO IRRIGAÇÃO PROJETOS PUBLICAÇÕES ENPDP PARTICIPE
English Version
Newsletter




16º Encontro Nacional de Plantio Direto na Palha
16º Encontro Nacional de Plantio Direto vai movimentar a capital do agronegócio

FEBRAPDP e Prefeitura Municipal de Sorriso formam parceria


Da Redação FEBRAPDP


Foto: Site Famato

Foto: Site Famato




Considerada a capital do agronegócio no Brasil, a cidade de Sorriso, no Mato Grosso, deve receber até 1500 pessoas para o 16º Encontro Nacional de Plantio Direto. Organizado pela Federação Brasileira de Plantio Direto (FEBRAPDP), com o apoio do Sindicato Rural de Sorriso, do Clube Amigos da Terra (CAT) e do Instituto Mato Grossense do Algodão (IMAMT), o evento vai acontecer no Centro de Eventos Ari José Riedi, do dia 01 a 03 de agosto.


Secretário de Desenvolvimento Econômico do município, Cláudio Drusina, enfatiza a relevância da iniciativa para fomentar a economia e preservar o meio ambiente. Segundo ele, além do suporte institucional, a prefeitura está disponibilizando também o espaço para realização do seminário.


“Um evento desta magnitude é sempre bem-vindo, sabemos do volume de negócios gerados em um evento como este. E destacamos a importância pela preocupação ambiental do encontro, isto é, uma preocupação em produzir, preservar e renovar todos os âmbitos para a produção sustentável”, comenta.


O produtor Darcy Getúlio Ferrarin é o precursor local do plantio direto. Ex-presidente do CAT - Sorriso, ele conta que a adoção do sistema de manejo transformou a agricultura regional nos últimos 12 anos, com a redução de impactos ambientais e o aumento da produção agrícola em todo o Norte do Mato Grosso. Atualmente mais de 90% das lavouras são cultivadas em PD de alta tecnologia.


“A nossa região plantava em torno de 90%, 95% no sistema de plantio convencional, o pessoal usava grade, arado e as chuvas levavam tudo para os rios, acabando com as terras e ocasionando grande estrago aos rios e nascentes. Nós sentimos a necessidade de fazer alguma coisa então criamos, em 1998, o Clube Amigos da Terra, uma entidade para difundir o Sistema Plantio Direto, tecnologia que eu já conhecia do Rio Grande do Sul. E começamos a fazer um grande trabalho, reunindo produtores e trazendo palestrantes. Na verdade a região iria virar deserto se continuasse com o sistema convencional. Ao longo desses anos trabalhamos muito o sistema e o produtor entendeu perfeitamente a nossa mensagem”, revela.


Em contrapartida, Ferrarin sublinha a importância do evento para promover os avanços necessários em relação à qualidade do PD praticado no estado, tanto no que diz respeito à conservação do solo e da água, quanto para o aumento da lucratividade nas áreas de plantio.


“O Mato Grosso tem uma necessidade muito grande de melhorar o sistema, em relação à rotação de culturas, agregar mais valores às áreas e com esse faturamento maior estaríamos freando a necessidade de se fazer mais desmatamento. Então o nosso trabalho é intenso, conscientizando o produtor para agregar o máximo possível de valores junto às áreas já abertas e fazer sempre uma busca por tecnologia de ponta para faturar mais em cima da mesma área que está se plantando”, diz ele.


Darcy fala sobre o manejo utilizado em suas terras e pontua que ainda há muito para aprender e ensinar acerca do tema e de seus desdobramentos. O produtor acredita que o avanço tecnológico e a expansão do SPD sejam o caminho para a agricultura sustentável.


“Eu faço uma primeira safra de soja, hoje temos cultivares de soja precoce que possibilitam a janela de janeiro para fazer a segunda safra com algodão; na janela de fevereiro estamos jogando milho, milheto, sorgo, girassol e no final de fevereiro, início de março jogamos os capins que além de servirem de cobertura servem para o pastoreio do nosso gado. Usamos muito também aqui milho integrado com capim, que é muito bom porque gera em torno de 30 a 35 toneladas de massa para engorda do boi. A nossa agricultura só será sustentável no momento que pensarmos em preservar as nossas nascentes e rios. O Brasil tem em torno de 12% da água potável do mundo e esse é o maior patrimônio que esse país tem.”, analisa.


 


Evento


Com o tema “Sistema Plantio Direto: entenda os desafios atuais e prepare-se para o futuro”, o 16º Encontro Nacional de Plantio Direto contará com uma programação de palestras, debates e mesas redondas, encerrando as atividades com um dia de campo e minicursos. São esperados produtores, técnicos, pesquisadores, professores, estudantes, consultores e empresários do segmento em busca de conhecimento, avanços tecnológicos e soluções coletivas para os desafios do setor.

Da Redação FEBRAPDP - 13/04/2018 - 11:52:44


Imprimir Fazer PDF Compartilhar por E-mail
424 notícias encontrados. 43 páginas. Mostrando página carta-de-bonito---ms
Buscar em NOTÍCIAS:
SEDE
Avenida Presidente Tancredo Neves, N° 6731
Parque Tecnológico de Itaipu
Edifício das águas 2° Andar sala 201.
CEP: 85867-900
Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil.
+55 45 3529-2092
febrapdp@febrapdp.org.br
FEBRAPDP - Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação
Filiada à CAAPAS
Confederação das Associações Americanas para uma Agricultura Sustentável


Correspondência
Caixa postal: AC PTI 2140
CEP: 85867-970
Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil.