Entidade de Utilidade Pública Federal desde 1998
FEBRAPDP SISTEMA PLANTIO DIRETO IRRIGAÇÃO PROJETOS PUBLICAÇÕES ENPDP PARTICIPE
Português / English
Newsletter




16º Encontro Nacional de Plantio Direto vai movimentar a capital do agronegócio

FEBRAPDP e Prefeitura Municipal de Sorriso formam parceria


Da Redação FEBRAPDP


Foto: Site Famato

Foto: Site Famato




Considerada a capital do agronegócio no Brasil, a cidade de Sorriso, no Mato Grosso, deve receber até 1500 pessoas para o 16º Encontro Nacional de Plantio Direto. Organizado pela Federação Brasileira de Plantio Direto (FEBRAPDP), com o apoio do Sindicato Rural de Sorriso, do Clube Amigos da Terra (CAT) e do Instituto Mato Grossense do Algodão (IMAMT), o evento vai acontecer no Centro de Eventos Ari José Riedi, do dia 01 a 03 de agosto.


Secretário de Desenvolvimento Econômico do município, Cláudio Drusina, enfatiza a relevância da iniciativa para fomentar a economia e preservar o meio ambiente. Segundo ele, além do suporte institucional, a prefeitura está disponibilizando também o espaço para realização do seminário.


“Um evento desta magnitude é sempre bem-vindo, sabemos do volume de negócios gerados em um evento como este. E destacamos a importância pela preocupação ambiental do encontro, isto é, uma preocupação em produzir, preservar e renovar todos os âmbitos para a produção sustentável”, comenta.


O produtor Darcy Getúlio Ferrarin é o precursor local do plantio direto. Ex-presidente do CAT - Sorriso, ele conta que a adoção do sistema de manejo transformou a agricultura regional nos últimos 12 anos, com a redução de impactos ambientais e o aumento da produção agrícola em todo o Norte do Mato Grosso. Atualmente mais de 90% das lavouras são cultivadas em PD de alta tecnologia.


“A nossa região plantava em torno de 90%, 95% no sistema de plantio convencional, o pessoal usava grade, arado e as chuvas levavam tudo para os rios, acabando com as terras e ocasionando grande estrago aos rios e nascentes. Nós sentimos a necessidade de fazer alguma coisa então criamos, em 1998, o Clube Amigos da Terra, uma entidade para difundir o Sistema Plantio Direto, tecnologia que eu já conhecia do Rio Grande do Sul. E começamos a fazer um grande trabalho, reunindo produtores e trazendo palestrantes. Na verdade a região iria virar deserto se continuasse com o sistema convencional. Ao longo desses anos trabalhamos muito o sistema e o produtor entendeu perfeitamente a nossa mensagem”, revela.


Em contrapartida, Ferrarin sublinha a importância do evento para promover os avanços necessários em relação à qualidade do PD praticado no estado, tanto no que diz respeito à conservação do solo e da água, quanto para o aumento da lucratividade nas áreas de plantio.


“O Mato Grosso tem uma necessidade muito grande de melhorar o sistema, em relação à rotação de culturas, agregar mais valores às áreas e com esse faturamento maior estaríamos freando a necessidade de se fazer mais desmatamento. Então o nosso trabalho é intenso, conscientizando o produtor para agregar o máximo possível de valores junto às áreas já abertas e fazer sempre uma busca por tecnologia de ponta para faturar mais em cima da mesma área que está se plantando”, diz ele.


Darcy fala sobre o manejo utilizado em suas terras e pontua que ainda há muito para aprender e ensinar acerca do tema e de seus desdobramentos. O produtor acredita que o avanço tecnológico e a expansão do SPD sejam o caminho para a agricultura sustentável.


“Eu faço uma primeira safra de soja, hoje temos cultivares de soja precoce que possibilitam a janela de janeiro para fazer a segunda safra com algodão; na janela de fevereiro estamos jogando milho, milheto, sorgo, girassol e no final de fevereiro, início de março jogamos os capins que além de servirem de cobertura servem para o pastoreio do nosso gado. Usamos muito também aqui milho integrado com capim, que é muito bom porque gera em torno de 30 a 35 toneladas de massa para engorda do boi. A nossa agricultura só será sustentável no momento que pensarmos em preservar as nossas nascentes e rios. O Brasil tem em torno de 12% da água potável do mundo e esse é o maior patrimônio que esse país tem.”, analisa.


 


Evento


Com o tema “Sistema Plantio Direto: entenda os desafios atuais e prepare-se para o futuro”, o 16º Encontro Nacional de Plantio Direto contará com uma programação de palestras, debates e mesas redondas, encerrando as atividades com um dia de campo e minicursos. São esperados produtores, técnicos, pesquisadores, professores, estudantes, consultores e empresários do segmento em busca de conhecimento, avanços tecnológicos e soluções coletivas para os desafios do setor.

Da Redação FEBRAPDP - 13/04/2018 - 11:52:44


Imprimir Fazer PDF Compartilhar por E-mail
457 notícias encontrados. 46 páginas. Mostrando página 1
Buscar em NOTÍCIAS:
SEDE
Avenida Presidente Tancredo Neves, N° 6731
Parque Tecnológico de Itaipu
Edifício das águas 2° Andar sala 201.
CEP: 85867-900
Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil.
+55 45 3529-2092
febrapdp@febrapdp.org.br
FEBRAPDP - Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação
Filiada à CAAPAS
Confederação das Associações Americanas para uma Agricultura Sustentável


Correspondência
Caixa postal: AC PTI 2140
CEP: 85867-970
Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil.