Edição atualizada do Manual de Métodos de Análise de Solo inclui novas metodologias

01/02/2018

Mais 400 laboratórios no Brasil seguem protocolos listados na tradicional publicação da Embrapa

 

O lançamento da terceira edição do Manual de Métodos de Análise de Solo (Embrapa, 573 páginas) marca uma extensa atualização e ampliação da obra, contemplando não somente a revisão e atualização das metodologias das edições anteriores, como também a inclusão de novas metodologias, ampliando sua utilização. A nova publicação divide as metodologias de análises do solo em cinco áreas de interesse para os laboratórios: análises físicas, químicas, matéria orgânica, mineralogia e micromorfologia.

“O Manual de métodos é uma publicação tradicional da Embrapa, e muito consultada, mais de 400 laboratórios no Brasil seguem seus protocolos”, diz o pesquisador da Embrapa Solos (Rio de Janeiro-RJ) Paulo César Teixeira, um dos editores técnicos da publicação. “Nesta nova edição foram inseridos vários métodos que não apareciam nas edições anteriores (1997 e 2011). É um livro com protocolos simples e práticos. A obra foi pensada de modo que o técnico de laboratório possa realizar as análises por meio de um passo a passo bem detalhado e completo, a fim de obter resultados confiáveis."

 

Entre as novas metodologias que foram incorporadas nesta edição estão, por exemplo, as de análise de nitrato e amônio, fósforo remanescente, carbono pelo CHN, morfometria dos grãos de areia, e micromorfologia. Métodos de campo, como o Diagnóstico Rápido da Estrutura do Solo (DRES), utilizado no plantio direto, foram inseridos pela primeira vez no Manual.

 

Com este livro, pretende-se atualizar a comunidade científica e os laboratórios ligados à Ciência do Solo com métodos analíticos que permitam identificar os principais atributos do solo brasileiro essenciais para o planejamento do uso e manejo mais sustentável contribuindo para a intensificação sustentável da agricultura brasileira.

 

O trabalho de revisão do manual começou em 2014, envolvendo profissionais da Embrapa e de diversas instituições, totalizando aproximadamente 70 autores.

 

A terceira edição do Manual de Métodos de Análise de Solo está disponível para download (PDF) aqui.