Entidade de Utilidade Pública Federal desde 1998
FEBRAPDP SISTEMA PLANTIO DIRETO IRRIGAÇÃO PROJETOS PUBLICAÇÕES ENPDP PARTICIPE
English Version
Newsletter




Avaliação nutricional é tema de curso na V RPCS e II SBSB


Software auxilia o cultivo de goiaba, manga, uva, atemoia, tomate e milho-doce

 

 

Unesp

 

 

Durante a V Reunião Paranaense da Ciência do Solo (RPCS) e o Simpósio Brasileiro de Solos Arenosos (SBSA), realizados esta semana em Maringá, PR, o professor doutor Danilo Eduardo Rozane, da Unesp, ministrou um minicurso sobre técnicas de avaliação nutricional apresentou um software que avalia o teor de nutrientes nas culturas da goiaba, manga, uva, atemoia, tomate e milho-doce. 

De acordo com Rozane, o software é baseado em um método de análise multivariada, denominado CND (Compositional Nutrients Diagnosis). O método desenvolvido por Parent e Dafir (1992), consiste na avaliação dos teores de nutrientes presentes no tecido vegetal, com base em dados de amostras de uma população de referência, ou seja, de alta produtividade. 

O banco de dados armazenado em cada um dos softwares foi constituído de valores nutricionais de amostras foliares coletadas em inúmeras áreas de produção, em cada uma das culturas. "Dessa forma, o produtor após enviar ao laboratório as amostras foliares de seu talhão, e receber os resultados poderá fornecer ao programa os dados correspondentes aos nutrientes (N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn e Zn), para que o software realize os procedimentos matemáticos para fornecer os índices para cada nutriente (IN, IP, IK, ... IZn), além da medida geral (CND-r²)", enfatiza. 

Segundo ele, nutrientes que apresentarem índices negativos e positivos representam, respectivamente, o desequilíbrio químico pela falta e pelo excesso. "Quanto mais distante de zero for o valor do índice geral, maior será o desequilíbrio químico dos nutrientes avaliados", acrescenta. 

O professor explica que, para o produtor, a importância de utilizar o software estabelece o balanço nutricional na área de produção, auxiliando no manejo sustentável da adubação, contribuindo na otimização de recursos financeiros, a fim de maximizar o retorno econômico e contribuir com o equilíbrio ambiental. 

Danilo Eduardo Rozane ressalta, entretanto, que para um solo pobre em nutrição, a correta aplicação de fertilizantes e corretivos nas proporções adequadas às culturas, pode promover maior produtividade, bem como sustentabilidade econômica ao setor produtivo. Além de propiciar ajustes aos níveis de fertilidade do solo, promovendo o adequado fornecimento de nutrientes às plantas, e evitando potencias danos ambientais com o excesso ou a falta da aplicação destes insumos.

197 notícias encontrados. 20 páginas. Mostrando página 1
Buscar em NOTÍCIAS:
SEDE
Avenida Presidente Tancredo Neves, N° 6731
Parque Tecnológico de Itaipu
Edifício das águas 2° Andar sala 201.
CEP: 85867-900
Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil.
+55 45 3529-2092
febrapdp@febrapdp.org.br
FEBRAPDP - Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação
Filiada à CAAPAS
Confederação das Associações Americanas para uma Agricultura Sustentável


Correspondência
Caixa postal: AC PTI 2140
CEP: 85867-970
Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil.